P

A partir de 2006, a Confederação Brasileira começou a calcular as Categorias dos principais eventos do País e os eventos internacionais, em que os damistas brasileiros estiverem presentes com bom rendimento técnico. Esta tabela de normas será divulgada juntamente com a planilha do Ranking Brasileiro.


Damistas brasileiros com

Normas de Mestre e Grande Mestre Nacional

Para se ter o título de Mestre são necessárias 3 Normas de Mestre.

Para se ter o título de Grande Mestre são necessárias 3 Normas de Grande Mestre.


Veja abaixo os jogadores que possuem normas de Mestre e Grande Mestre Nacional.

Uma competição de âmbito apenas brasileiro ainda não tem condições de atingir a Categoria 8 !!


ID-CBJD

Nome

Feder

Título

Rtg

Score

Rav

Cat

GM

IM

Evento

Resultado















1

Augusto Amilcar Mariano Carvalho  

PE


2489

18.0/26

2385

6

 0.0

16.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


1

Augusto Amilcar Mariano Carvalho  

PE

im  

2489

18.0/30

2407

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma


1

Augusto Amilcar Mariano Carvalho  

PE


2488

19.0/26

2445

8

19.0

14.0

Campeonato Brasaileiro - 2010

3ª Norma

1ª Norma GM














2

Francisco Marcelo Araujo Oliveira

SP


2502

19.0/26

2408

7

20.0

15.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


2

Francisco Marcelo Araujo Oliveira

SP

im

2502

20.0/30

2406

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma


2

Francisco Marcelo Araujo Oliveira

SP


2507

18.0/26

2413

7

20.0

15.0

Campeonato Brasaileiro - 2010

3ª Norma















3

Gilberto Laureano Cunha      


   

2437

15.0/22

2382

6

 0.0

13.5

Campeonato Brasaileiro - 2010

1ª Norma















4

Marcelo Ciro Martins Silva

SP


2464

9.0/14

2368

5

0.0

9.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma


4

Marcelo Ciro Martins Silva       

SP

     

2469

17.0/24

2352

5

 0.0

15.5

Campeonato Brasileiro - 2007

2º Norma


4

Marcelo Ciro Martins Silva       

SP


2474

9.0/14

2608

15

7.0

4.5

1º World Mind Sports Games

3º Norma

1º Norma GM

4

Marcelo Ciro Martins Silva       

SP


2522

19.0/26

2401

7

20.0

15.0

Campeonato Brasaileiro - 2010

4ª Norma















5

Wellington Souza Silva           

BA


2428

17.0/26

2425

7

20.0

15.0

Campeonato Brasileiro - 2008

1ª Norma


5

Wellington Souza Silva      

BA


2462

14.0/22

2383

6

 0.0

13.5

Campeonato Brasileiro - 2009

2ª Norma


5

Wellington Souza Silva           

BA


2462

18.0/30

2408

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

3ª Norma















6

Ciro Goncalves Barreto      

BA

im

2435

16.0/26

2378

6

 0.0

16.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


6

Ciro Goncalves Barreto      

BA

im

2435

18.0/30

2410

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma















8

João Batista Viveiros Brandão

RJ


2435

10.0/14

2304

3

0.0

10.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma


8

João Batista Viveiros Brandão

RJ


2434

16.0/26

2412

7

20.0

15.0

Campeonato Brasaileiro - 2010

2ª Norma















9

Jose Carlos Alves                

SP   

     

2438

15.0/22

2380

6

 0.0

13.5

Campeonato Brasileiro - 2008

1ª Norma















10

Francisco Jovino Cunha Leite

CE

FM

2414

11.0/14

2378

6

0.0

8.5

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma















13

Carlos Cavalcante Oliveira

RJ


2430

9.0/14

2352

5

0.0

9.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma















22

Eduardo Vicente Rocha

GO


2338

10.0/14

2302

3

0.0

10.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma















23

Nadin Yehia Naufal               

SP   


2419

17.0/24

2391

6

 0.0

14.5

Campeonato Brasileiro - 2007

1ª Norma


23

Nadin Yehia Naufal               

SP   


2436

8.0/14

2534

12

8.5

6.0

1º World Mind Sports Games

2ª Norma


23

Nadim Yehia Naufal               

SP   

     

2452

13.0/22

2388

6

 0.0

13.5

Campeonato Brasileiro - 2008

3ª Norma















26

Franco Alexandre Batista Lamim

PI


2346

10.0/14

2306

3

0.0

10.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma















29

Alexandro Jose Lima         

PE


2299

11.0/14

2284

2

0.0

10.5

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma


29

Alexandro Jose Lima         

PE

   

2366

14.0/22

2354

5

0

14

Campeonato Brasileiro - 2009

2ª Norma


29

Alexandro Jose Lima         

PE

     

2360

13.0/18

2390

6

0.0

11.0

Asa Branca 2010

3ª Norma















33

Cenílio Alves Teixeira

MG


2292

10.0/14

2310

3

0.0

10.0

Campeonato Brasileiro - 2006

1ª Norma















37

Leandro Bezerra                  

SP   

     

2287

17.0/24

2316

3

 0.0

17.0

Campeonato Brasileiro - 2007

1º Norma















71

Wesley Diego Souza Silva         

SP   

     

2111

15.0/24

2408

7

18.5

14.0

Campeonato Brasileiro - 2007

1ª Norma















226

Jose Cristovao Santos Santoro    

BA   

     

2455

19.0/26

2419

7

20.0

15.0

Campeonato Brasileiro - 2008

1ª Norma


226

Jose Cristovao Santos Santoro    

BA   


2454

18.0/30

2409

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma


226

Jose Cristovao Santos Santoro    

BA   


2460

15.0/22

2402

7

17.0

13.0

Campeonato Brasileiro - 2010

3ª Norma















228

Luciano Santos Santoro      

BA


2422

13.0/22

2410

7

17.0

13.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


228

Luciano Santos Santoro      

BA


2422

18.0/30

2411

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma















258

Joilson Rocha Costa

BA

     

2308

12.0/18

2352

5

0.0

12.0

Asa Branca 2010

1ª Norma















310

Gregorio E A J Costa        

PI


2380

18.0/26

2425

7

20.0

15.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


310

Gregorio E A J Costa        

PI


2394

14/22

2374

5


14

Campeonato Brasileiro - 2010

2ª Norma















231

Argemiro Marcos Silva       

PE


2424

15.0/22

2334

4

 0.0

15.0

Campeonato Brasileiro - 2009

1ª Norma


231

Argemiro Marcos Silva       

PE


2424

18.0/30

2411

7

23

18

2ª Copa Brasil 2010

2ª Norma















261

Ismael Carlos Miranda Filho      

PE

     

2333

14.0/22

2394

6

 0.0

13.5

Campeonato Brasileiro - 2008

1ª Norma



Normas para Mestre Nacional e

Grande Mestre Nacional

Em 1975, a Confederação Brasileira homologou o título de Mestre Nacional para seis damistas: José Carlos Rabelo, Reginaldo da Cruz, Lourival Mendes França, Lélio Marcos Luzes Sarcedo, Douglas Diniz e Genaldo Gonzaga da Silva, ou seja, todos os damistas que até aquele momento tinham se tornado campeões brasileiros.

A própria Confederação Brasileira viu em 1979, que para que essa homologação tivesse um caráter oficial ela precisaria ser regulamentada através de critérios técnicos, pois apenas um título de campeão brasileiro não poderia dar direito a um título tão importante.

Assim, em 1979, 3 pessoas se reuniram em Piracicaba, S.P., para formalizar, pela primeira vez, o Ranking Brasileiro de Jogo de Damas: Roberto Telles de Souza, Nilton Valdemar Stock e Lélio Marcos Luzes Sarcedo.

Desse encontro saiu o primeiro ranking brasileiro, cuja elaboração técnica ficou aos cuidados de Roberto Telles de Souza.

Mas a dificuldade de comunicação entre as Federações e a dificuldade de mais patrocínios para aumentar o número de competições em todo o país, fez com que esse ranking brasileiro não tivesse continuidade.

Ao final da década de 1980, Carlos Alberto Ferrinho reiniciou o trabalho de criar um ranking brasileiro, mas novamente as dificuldades de comunicação entre as Federações fez com que esse trabalho não fosse adiante.

Em 1992, com a inclusão do jogo de damas nos Jogos Regionais e Abertos do Estado de São Paulo e a expansão da facilidade de comunicação via internet, a Federação Paulista de Jogo de Damas comandou a implantação do ranking para os participantes dos Jogos Regionais e Abertos. E esse ranking ganhou força e foi assumido pela Confederação Brasileira e se tornou o Ranking Brasileiro de Jogo de Damas, cujo responsável atualmente é o Diretor de Rating e Arbitragem da Confederação Brasileira, Édson Nogueira Duarte.

Hoje o Ranking Brasileiro é considerado um dos melhores do mundo e já faz parte do dia a dia do damista brasileiro.

 

Os títulos nascem a partir do Rating

Após vários anos de funcionamento e crescimento do Ranking Brasileiro, a Confederação Brasileira tem condições de criar os títulos de Mestre Nacional e Grande Mestre Nacional.

E esse não é um trabalho onde a Confederação Brasileira criará seus critérios ou inventará seus critérios.

Tanto o rating como a distribuição de títulos são ferramentas já criadas há muitos anos e que já são utilizadas com sucesso por inúmeras outras organizações esportivas. A Confederação Brasileira estará apenas aplicando essas ferramentas.

A homologação do título de Mestre Nacional e Grande Mestre Nacional passa por dois detalhes extremamente importantes: um excelente trabalho de cálculo de rating por parte da entidade organizadora e uma ótima performance do jogador em uma competição de categoria mínima para dar títulos.


O Rating Médio define a Categoria

Inúmeras vezes alguns jogadores reclamam que se saíram bem em determinada competição e não subiram quase nada no ranking.

Tudo depende de qual é a Categoria da competição.

As Categorias variam de 1 a 16.

O Rating Médio dos participantes define a Categoria da competição.

Vamos conhecer a tabela das Categorias, que vão de I a XVI.



I

II

III

IV

V

VI

VII

VIII

IX

X

XI

XII

XIII

XIV

XV

XVI

De

2251

2276

2301

2326

2351

2376

2401

2426

2451

2476

2501

2526

2551

2576

2601

2626

a

2275

2300

2325

2350

2375

2400

2425

2450

2475

2500

2525

2550

2575

2600

2625

2650


Na tabela acima temos o detalhamento da categoria de cada competição.

Se uma competição tiver rating médio entre 2251 e 2275, então será uma competição de Categoria 1 (ou I).

Se o rating médio de uma competição estiver entre 2401 e 2425, então essa competição será Categoria 7 (ou VII).

 

Tabela de Categorias

É comum os jogadores de damas apelidarem os amigos e adversários de mestre.

Este foi um grande problema, tanto com Damas como com o xadrez, pois esse título não pode ser algo aleatório.

Os organizadores sentiram a grande nescessidade de criar argumentos numéricos para justificar os títulos.

A partir dessa necessidade, foi criada uma tabela, onde os ratings foram divididos em 16 categorias.


Categorias

I

II

III

IV

V

VI

VII

VIII

IX

X

XI

XII

XIII

XIV

XV

XVI

Participantes

Pontos em

disputa

De

2251

2276

2301

2326

2351

2376

2401

2426

2451

2476

2501

2526

2551

2576

2601

2626

a

2275

2300

2325

2350

2375

2400

2425

2450

2475

2500

2525

2550

2575

2600

2625

2650

10

18

GMN







14

14

13

12

12

11

11

10

9

9



MN

14

14

13

12

12

11

11

10

9

9

8

8

7

6

6


11

20

GMI







16

15

14

14

13

12

12

11

10

10



MN

16

15

14

14

13

12

12

11

10

10

9

8

8

7

6


12

22

GMN







17

16

16

15

14

14

13

12

11

11



MN

17

16

16

15

14

14

13

12

11

11

10

9

8

8

7


13

24

GMI







19

18

17

16

16

15

14

13

12

12



MN

19

18

17

16

16

15

14

13

12

12

11

10

9

8

8


14

26

GMN







20

19

19

18

17

16

15

14

13

13



MN

20

19

19

18

17

16

15

14

13

13

12

11

10

9

8


15

28

GMN







22

21

20

19

18

17

16

15

14

14



MN

22

21

20

19

18

17

16

15

14

14

12

12

10

10

9


16

30

GMN







23

22

21

20

20

18

17

16

15

14



MN

23

22

21

20

20

18

17

16

15

14

13

12

11

10

9


17

32

GMN







25

24

23

22

21

20

18

17

16

15



MN

25

24

23

22

21

20

18

17

16

15

14

13

12

11

10


18

34

GMN







26

25

24

23

22

21

20

18

17

16



MN

26

25

24

23

22

21

20

18

17

16

15

14

13

12

11


19

36

GMN







28

27

26

25

23

22

21

19

18

17



MN

28

27

26

25

23

22

21

19

18

17

16

15

13

12

11


20

38

GMN







29

28

27

26

25

23

22

21

19

18



MN

29

28

27

26

25

23

22

21

19

18

17

16

14

13

12



Com esta tabela fica fácil calcular quantos pontos é necessário para conseguir as normas e consequentemente o título.

Para obter um título de Mestre Nacional um jogador precisará conseguir três normas e cada norma deve vir de um torneio especifico onde o jogador deverá conseguir a pontuação nescessária de acordo com a tabela acima. O mesmo para o título de Grande Mestre Nacional.


A tabela acima dá informação direta para normas de Mestre Nacional e Grande Mestre Nacional para qualquer torneio organizado em Sistema Schuring com o mínimo de 10 e o máximo de 20 participantes.

Para as competições em Sistema Suíço, essa tabela será gerada a partir dos adversários que o jogador enfrentou.



Ao lado temos a tabela de categoria de cada participante do 38º Campeonato Brasileiro

- 2010



Na tabela ao lado temos os pontos obtidos e o esperado de cada participante.

Augusto Carvalho fez um brasileiro fantástico, pois conseguiu 19 pontos em 26 num torneio categoria 8 !!

Esta categoria 8 só foi possivel porque ele jogou 2 vezes contra Marcelo Ciro e duas vezes contra Francisco Marcelo !!


No 

Name                         

 Score 

  Rav

Cat

  GMN

MN








Marcelo Ciro Martins Silva   

19.0/26

2401

7

20.0

15.0

Augusto A M Carvalho         

19.0/26

2445

8

19.0

14.0

Francisco Marcelo A Oliveira 

18.0/26

2413

7

20.0

15.0

Joao Batista V Brandao       

16.0/26

2412

7

20.0

15.0

Jose C S Santoro             

15.0/22

2402

7

17.0

13.0

Gilberto Laureano Cunha      

15.0/22

2382

6

 0.0

13.5

Nadim Yehia Naufal           

15.0/22

2264

1

 0.0

17.0

Gregorio E A Jadao Costa  

14.0/22

2374

5

 0.0

14.5

Alexandro Jose Lima          

14.0/22

2327

4

 0.0

15.0

10º

Edvaldo Araujo               

14.0/22

2328

4

 0.0

15.0

11º

Eduardo Vicente Rocha    

14.0/22

2304

3

 0.0

15.5

12º

Fernando Ferreira Queiroz    

14.0/22

2329

4

 0.0

15.0

13º

Cenilio Alves Teixeira       

14.0/22

2305

3

 0.0

15.5

14º

Ismael C Miranda Filho       

13.0/22

2369

5

 0.0

14.5

15º

Ciro Goncalves Barreto       

13.0/22

2360

5

 0.0

14.5

16º

Argemiro Marcos Silva        

13.0/22

2328

4

 0.0

15.0

17º

Diogo Menezes Ferreira       

13.0/22

2341

4

 0.0

15.0

18º

Maurelio Paula Alves         

13.0/22

2297

2

 0.0

16.5

19º

Luciano Santos Santoro   

13.0/22

2344

4

 0.0

15.0

20º

Francisco Assis Sousa        

13.0/22

2320

3

 0.0

15.5

21º

Roberio Barbosa Araujo       

13.0/22

2324

3

 0.0

15.5

22º

Allan Igor Moreno Silva      

13.0/22

2296

2

 0.0

16.5

23º

Orlando Vieira Silva         

13.0/22

2307

3

 0.0

15.5

24º

Genaldo Gonzaga Silva        

13.0/22

2291

2

 0.0

16.5

25º

Fernando Moretti             

13.0/22

2257

1

 0.0

17.0

26º

Joao Deus O Carvalho         

13.0/22

2245

0

 0.0

 0.0

27º

Walter Campos Souza      

13.0/22

2226

0

 0.0

 0.0

28º

Francualdo Goncalves Souza

13.0/22

2159

0

 0.0

 0.0

29º

Leandro Bezerra              

12.0/22

2368

5

 0.0

14.5

30º

Carlos Jose Guimaraes        

12.0/22

2285

2

 0.0

16.5

31º

Douglas Diniz                

12.0/22

2310

3

 0.0

15.5

32º

Wellington Souza Silva       

12.0/22

2244

0

 0.0

 0.0

33º

Wesley Diego Souza Silva 

12.0/22

2270

1

 0.0

17.0

34º

Carlos Cavalcante Oliveira   

12.0/22

2229

0

 0.0

 0.0

35º

Oziel Souza Carvalho         

12.0/22

2234

0

 0.0

 0.0

36º

Wellington Monte Paula       

11.0/22

2293

2

 0.0

16.5

37º

Luis Augusto Silva           

11.0/22

2249

0

 0.0

 0.0

38º

Fabiano Cristiano Costa      

11.0/22

2264

1

 0.0

17.0

39º

Thiago Correa Grandesso 

11.0/22

2319

3

 0.0

15.5

40º

Djair Quintanilha            

11.0/22

2283

2

 0.0

16.5

41º

Eliton Araujo Brito          

11.0/22

2282

2

 0.0

16.5

42º

Jose Carlos Oliveira         

11.0/22

2238

0

 0.0

 0.0

43º

Manuel Garcia Quintas        

11.0/22

2220

0

 0.0

 0.0

44º

Rafael Franco Rangel         

11.0/22

2278

2

 0.0

16.5

45º

Wilson Nunes Silva           

11.0/22

2224

0

 0.0

 0.0

46º

JacIr Souza Lima             

11.0/22

2215

0

 0.0

 0.0

47º

Bruno Bomfim                 

11.0/22

2208

0

 0.0

 0.0

48º

Elton Alteris Cordeiro Santos

11.0/22

2177

0

 0.0

 0.0

49º

Itamar Batista Nascimento 

11.0/22

2099

0

 0.0

 0.0

50º

Edi Edmilson Rogerio         

10.0/22

2243

0

 0.0

 0.0

51º

Jhonnes Massuia              

10.0/22

2251

1

 0.0

17.0

52º

Afonso H Ladeira Castro      

10.0/22

2188

0

 0.0

 0.0

53º

Pedro Souza Sobrinho         

10.0/22

2175

0

 0.0

 0.0

54º

Paulo Cesar Rocha            

10.0/22

2199

0

 0.0

 0.0

55º

Jose Pereira Bonfim          

10.0/22

2178

0

 0.0

 0.0

56º

Everaldo Felix Oliveira      

10.0/22

2184

0

 0.0

 0.0

57º

Celso Marques Fernandes 

10.0/22

2138

0

 0.0

 0.0

58º

Euclides F Oliveira Jr       

10.0/22

2218

0

 0.0

 0.0

59º

Antonio A G Queiroz          

10.0/22

2158

0

 0.0

 0.0

60º

Aroldo Silva Soares          

10.0/22

2129

0

 0.0

 0.0

61º

Thiago Ribeiro               

10.0/22

2162

0

 0.0

 0.0

62º

Robinson Ferreira Silva      

10.0/22

2187

0

 0.0

 0.0

63º

Erinaldo Gomes Lyra          

10.0/22

2109

0

 0.0

 0.0

64º

Nilton Tavares Lopes         

10.0/22

2158

0

 0.0

 0.0

65º

Jose David Pereira Neto      

9.0/22 

2231

0

 0.0

 0.0

66º

Laurindo Massambani Neto 

9.0/22 

2235

0

 0.0

 0.0

67º

Roberto Gazola               

9.0/22 

2144

0

 0.0

 0.0

68º

Reginaldo Santos Costa       

9.0/22 

2172

0

 0.0

 0.0

69º

Rinaldo Rufino Silva         

9.0/22 

2212

0

 0.0

 0.0

70º

Manoel Evaristo S Neto       

9.0/22 

2173

0

 0.0

 0.0

71º

Diran Moreira                

9.0/22 

2185

0

 0.0

 0.0

72º

Osmar Alves Rodrigues        

9.0/22 

2136

0

 0.0

 0.0

73º

Jose Divalci Rabelo          

9.0/22 

2081

0

 0.0

 0.0

74º

Edilton Silva                

9.0/22 

2100

0

 0.0

 0.0

75º

Geraldo Cambraia Duca  

9.0/22 

2122

0

 0.0

 0.0

76º

Mario Barbosa Marques

8.0/22 

2153

0

 0.0

 0.0

77º

Hugo Nelson Fleixer          

8.0/22 

2106

0

 0.0

 0.0

78º

Cristiano Silva Jesus        

8.0/22 

2123

0

 0.0

 0.0

79º

Luiz Gonzaga Freitas         

8.0/22 

2138

0

 0.0

 0.0

80º

Sebastiao Igreja Silva       

8.0/22 

2122

0

 0.0

 0.0

81º

Ramon Eustaquio Araujo

7.0/22 

2149

0

 0.0

 0.0

82º

Vicente Paulo Guimaraes

7.0/22 

2213

0

 0.0

 0.0

83º

Douglas Menezes Ferreir

7.0/22 

2134

0

 0.0

 0.0

84º

Pedro Paulo Carvalho         

6.0/22 

2094

0

 0.0

 0.0

85º

Jose Suedilson F Araujo      

3.0/22 

2070

0

 0.0

 0.0

86º

Rodrigo Pereira Mendonca

1.0/22 

2053

0

 0.0

 0.0



Tabela de categoria de cada participante do 37º Campeonato Brasileiro - 2009

Os abaixo marcados em vermelho receberam uma norma de Mestre Nacional.


Nome

PO

Rat Adv.

Cat

Luciano Santos Santoro      

13.0/22

2410

7

Gregorio E A J Costa        

15.0/22

2420

7

Marcelo Ciro Martins Silva  

14.0/22

2396

6

Francisco Marcelo A Oliveira

17.0/22

2399

6

Augusto Amilcar M Carvalho  

16.0/22

2385

6

Jose Cristovao S Santoro    

12.0/22

2385

6

Wellington Souza Silva      

14.0/22

2383

6

Ciro Goncalves Barreto      

15.0/22

2377

6

Ismael Carlos Miranda Filho 

13.0/22

2378

6

Roberio Barbosa Araujo      

13.0/22

2376

6

Adeildo Lyra Silva          

13.0/22

2381

6

Humberto Bifolco            

13.0/22

2390

6

Gilberto Laureano Cunha     

13.0/22

2357

5

Oziel Souza Carvalho        

13.0/22

2353

5

Joao Deus O Carvalho        

13.0/22

2375

5

Genaldo Gonzaga Silva       

13.0/22

2371

5

Alexandro Jose Lima         

14.0/22

2354

5

Francisco Assis Sousa       

11.0/22

2367

5

Francisco Jovino C Leite    

13.0/22

2350

4

Argemiro Marcos Silva       

15.0/22

2334

4

Eduardo Vicente Rocha       

11.0/22

2345

4

Jose Julio Fabio Cavalcante 

12.0/22

2326

4

Miguel Cavalcante Silva     

12.0/22

2326

4

Edi Edmilson Rogerio        

9.0/22 

2332

4

Paulo Augusto T Rezende     

11.0/22

2336

4

Celso Marques Fernandes     

11.0/22

2345

4

Wellington Monte Paula      

11.0/22

2315

3

Marco Aurelio S Santos      

12.0/22

2323

3

Djair Quintanilha           

12.0/22

2323

3

Wilson Nunes Silva          

12.0/22

2301

3

Walter Campos Souza         

12.0/22

2302

3

Orlando Vieira Silva        

12.0/22

2324

3

Jose Carlos Alves           

11.0/22

2281

2

Nadim Yehia Naufal          

12.0/22

2297

2

Manoel Miguel Oliveira      

12.0/22

2284

2

Douglas Diniz               

10.0/22

2278

2

Fernando Ferreira Queiroz   

10.0/22

2281

2

Mario Barbosa Marques       

8.0/22 

2276

2

Helber Elias Silveira       

4.0/12 

2289

2

Cenilio Alves Teixeira      

11.0/22

2255

1

Marildo Aguilera Melgar     

8.0/22 

2268

1

Ramon Eustaquio Araujo      

8.0/22 

2256

1



Na tabela ao lado fica fácil de compreender qual foi a dificuldade que cada um dos participantes teve no desenrolar do 37º Campeonato Brasileiro.

O rating médio dos 11 adversários define a Categoria em que o jogador atuou na competição.

Apenas Luciano Santoro e Gregório Jadão Costa jogaram a competição na Categoria 7 (rating médio dos adversários de 2410 e 2420, respectivamente) e somente eles teriam condições de conseguir uma norma para Grande Mestre.

Porém, ficaram longe dessa norma, pois para se conseguir uma norma para Grande Mestre Nacional é necessário no mínimo jogar uma competição de categoria 7, porém, para 22 pontos em disputa, como era o caso deste Brasileiro, eles precisariam conseguir 17 pontos. E Luciano fez apenas 13 e Gregório 15.

Porém, para Categoria 7, 13 pontos é o mínimo para uma norma de Mestre Nacional.

Assim, ambos conseguiram uma norma para Mestre Nacional !

 

Todos os demais participantes apenas conseguiram jogar em uma Categoria com chances de atingir uma norma para Mestre Nacional.

Todos os que jogaram dentro da Categoria 6, precisavam conseguir no mínimo 14 pontos para receber uma norma de Mestre Nacional.

10 jogadores jogaram o 37º Brasileiro dentro da categoria 6, porém, apenas 5 deles conseguiram o mínimo de 14 pontos exigidos: Marcelo Ciro, Francisco Marcelo, Augusto Carvalho, Wellington Souza Silva e Ciro Gonçalves Barreto. Todos estes receberam uma norma para Mestre Nacional.

 

Não basta apenas jogar uma competição em uma Categoria mais alta. O que importa é conseguir o número mínimo de pontos estabelecido na Tabela de Categorias dentro da Categoria em que o jogador atuar.

 

Dessa forma, Alexandro José de Lima, que fez uma competição na Categoria 5, fez o mínimo de pontos exigidos e também recebeu a norma de Mestre Nacional !

 

E outro jogador que conseguiu norma no 37º Campeonato Brasileiro foi Argemiro Marcos Silva (Beija-Flôr), que jogou dentro da Categoria 4, mas conseguiu 15 pontos, o mínimo exigido dentro dessa categoria para se abiscoitar uma norma de Mestre Nacional !






Home
 Home Page
 regras oficiais
 tablita
 sistema shcuring
 suico
 rating
 regulamentos
 perguntas
 material
 normas
 arbitros
 terminologia
 historia
 English Rules
 cadastro
 acessoaorating