Regulamentos/2010


CIRCUITO NACIONAL

REGULAMENTO

.I – DO OBJETIVO

Art. 1º – O Circuito Nacional de Jogo de Damas tem por objetivo dinamizar o desenvolvimento do jogo de damase elevar seu nível técnico em todo o território nacional e, também, qualificar participantes para todos os campeonatos brasileiros.

II – DO LOCAL, DATA, NÚMERO DAS RODADAS E TEMPO DE JOGO

Art. 2º – O Circuito Nacional acontecerá em qualquer cidade dentro do Território Nacional, normalmente aos domingos, normalmente iniciando por volta de 9h30min e finalizado por volta de 17h, com um mínimo de 7 (sete) rodadas de 21 x 21 minutos, ou 5 (cinco) rodadas 30x 30 minutos (para as duas partidas), com o uso da Tablita em micro-matchs, em ambas as partidas.

III – DOS PARTICIPANTES

Art. 3º -  O Circuito Nacional é aberto a todos os interessados, desde que não estejam suspensos ou afastados pelo Tribunal de Justiça da Confederação Brasileira ou por suas filiadas, além daqueles punidos automaticamente por ter infringido o artigo 10 deste Regulamento.

IV – DO EMPARCEIRAMENTO

Art. 4º -  A primeira rodada tem que ser, obrigatoriamente, emparceirada utilizando-se o rating nacional atualizado.

Art. 5º -  É essencial que o emparceiramento de acordo com os critérios determinados pela CBJD, somente sendo aceito o uso dos softs “48” ou o “Swiss Perfect”.

V – DA VALIDADE DOS EVENTOS

Art. 6º -  Todo Circuito Nacional que for realizado nas condições a seguir:

- Adequação a todas as normas estabelecidas por este Regulamento, além de:

- Mínimo de 20 (vinte) participantes, NÚMERO ESTE QUE NÃO GARANTE VAGA EM CAMPEONATOS BRASILEIROS.

- Mínimo de 7 (sete) rodadas de pelo menos 21 x 21 minutos ou 5 (cinco) rodadas 30x30 minutos, com o uso da Tablita em micro-matchs.

- Não tenha entre os participantes jogador que esteja cumprindo pena disciplinar imposta pela CBJD.

- Emparceiramento da primeira rodada em conformidade com o rating oficial da CBJD.

- Critérios de desempate de acordo com os definidos pela CBJD (1º- escore acumulado; 2º- escore acumulado corrigido e 3ª – milésimos), sendo que o escore acumulado não poderá ser utilizado como primeiro critério de desempate nas situações a seguir:

- a) quando for utilizado o acelerador de emparceiramento (neste caso o escore acumulado não pode ser utilizado como critério de desempate);

- b) quando o desempate for entre 2 (dois) jogadores, o confronto direto deverá ser o primeiro critério de desempate e

- c) quando 3 (três) dos participantes ficarem empatados na primeira colocação (apenas os três), desde que eles tenham vencido todos os seus adversários e tenham jogado e empatado entre si.

VI – DO DIREITO ADQUIRIDO PARA PARTICIPAÇÃO EM CAMPEONATOS BRASILEIROS

Art. 7º- Desde que homologada pela CBJD, cada etapa do Circuito oferecerá vagas nos campeonatos brasileiros por categoria:

1 (uma) vaga, se o rating médio dos 30 (trinta) maiores ratings for igual ou superior a 1900;

2 (duas) vagas, se a média dos 30 (trinta)maiores ratings estiver entre 2001 e 2149;

3 (três) vagas, se a média dos 30 (trinta)maiores ratings estiver igual ou acima de 2150 ou se o evento tiver mais de 120 participantes e a média dos 30 (trinta)maiores ratings estiver igual ou acima de 2100.

VII – DA TAXA DE INSCRIÇÃO E PREMIAÇÃO

Art. 8º- Cabe à organização de cada Circuito Nacional estipular o valor da taxa de inscrição e o valor da premiação.

Art. 9º – Pagar a devida taxa de inscrição no Congresso Técnico.

IX – DOS DEVERES DOS ATLETAS

Art. 10 – Respeitar as normas do CODEX.

Art. 11 – Não abandonar a competição antes do término desta, o que implicará suspensão automática por 3(três0 meses de todas as competições em todo o território nacional.

X – DOS DEVERES DOS ORGANIZADORES

Art. 12 -  Relatórios com nomes completos dos participantes, jogadores, árbitros e diretores do evento, (atentar para Art. 12), com resultados, rodada por rodada, classificação final, além de eventuais comunicados, deverão ser enviados via e-mail até 2 (dois) dias após o término do evento para cbjd@uol.com.br, para análise e homologação da CBJD.

Art. 13 -  Enviar na relação de participantes todas as datas de nascimentos de todos os participantes menores de 23 anos.

XI – DOS CASOS OMISSOS

Art. 14 – Todos os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora de cada Circuito Nacional, sujeitas à análise e homologação posterior da CBJD.





Administrator



Home
 Home Page
 regras oficiais
 tablita
 sistema shcuring
 suico
 rating
 regulamentos
 perguntas
 material
 normas
 arbitros
 terminologia
 historia
 English Rules
 cadastro
 acessoaorating